Balanço 2016: Preço médio cresce 6% | Porto é campeão, com subida de 18%

Dezembro 28, 2016

O preço médio por quarto duplo em Portugal em 2015 foi de 90€, contra 95€ em 2016

Balanço Hotelaria 2016

Em ano de recordes, a hotelaria portuguesa encerra 2016 com resultados positivos. O preço médio dos hotéis portugueses a nível nacional em 2016 foi de 95€, contra 90€ no ano passado – um crescimento de 6,30%.

Principais destaques de 2016:

• Em agosto, Portugal atingiu o custo ponderado mais alto do ano, ao fixar a sua média nos 128€ por noite – contra 121€ em agosto de 2015, representando assim uma subida de 5,79% face ao período homólogo;

• O Porto foi o destino nacional que melhor performance teve em relação ao ano anterior, com uma subida do preço médio de 17,81%. Em março, a Invicta chegou mesmo a protagonizar a maior subida de preços em toda a Europa (30,91%). Em novembro, no mês da Web Summit, Lisboa atingiu o mesmo feito, com um crescimento de 9,89% face ao ano anterior;

Albufeira foi a localidade que registou a maior oscilação em relação ao preço médio durante 2016 – de 54€ em janeiro para 210€ em agosto. Braga foi o destino mais estável nesta matéria – o preço médio mais elevado foi atingido em agosto (65€), contra 54€ em novembro;

Cascais foi o destino mais caro, com um preço médio em 2016 de 142€. Fátima arrecadou o título de destino mais acessível de 2016 com um custo médio de 56€.

A nível nacional:

Com base nos dados do trivago Hotel Price Index, a trivago analisou a evolução dos preços da hotelaria portuguesa de janeiro a dezembro de 2016, em comparação com o ano anterior. Com perfis de crescimento constantes face a 2015 – à exceção do mês de outubro, com uma quebra de 2,13% -, março (+13,89%) foi o mês com o maior aumento de preços face ao último ano.

Já em relação aos preços médios, fevereiro (74€) foi o mês mais barato, contra agosto, mês mais caro e altura em que a média nacional atingiu os 128€.

precomediohotelariapt2016

Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez
2015 67€ 66€ 72€ 85€ 92€ 102€ 108€ 121€ 110€ 94€ 80€ 77€
2016 75€ 74€ 82€ 90€ 97€ 108€ 118€ 128€ 114€ 92€ 81€ 79€
11,94% 12,12% 13,89% 5,88% 5,43% 5,88% 9,26% 5,79% 3,64% -2,13% 1,25% 2,60%

A nível local:

Porto (+17,81%), Figueira da Foz (+14,37%) e Faro (+14,25%) foram as localidades, entre os principais destinos portugueses, que registaram as maiores variações nos preços médios em relação ao último ano. Uma estadia no Porto teve um custo médio em 2015 de apenas 70€. Este ano esse valor subiu para os 83€, tornando-se assim a localidade com a maior inflação do preço médio face a 2015.

A capital portuguesa também apresenta resultados positivos em comparação com o período homólogo, ainda que menos expressivos do que os do Porto. Lisboa vê o seu preço ponderado aumentar 4,43% – de 102€ em 2015 para 106€, em 2016. Com 106€ de média por quarto duplo, Lisboa é o segundo destino nacional mais caro, logo a seguir a Sintra (142€).

Olhando para as maiores oscilações de preços durante o ano de 2016, Albufeira, Portimão e Lagos são os destinos em destaque. Albufeira chega mesmo a registar uma mudança nos preços médios de 289% – de 54€, em janeiro, para 210€ em agosto. Braga, Évora e Guimarães são, por outro lado, as localidades com os preços médios mais constantes.

Download dos dados em ficheiro Excel
Clique aqui: Balanço Hotelaria 2016

Evolução do preço médio por região durante 2016:

Norte

Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez
67€ 68€ 72€ 80€ 85€ 86€ 86€ 91€ 87€ 78€ 69€ 71€

Preço medio hotelaria Norte 2016
Algarve

Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez
63€ 66€ 70€ 76€ 82€ 118€ 167€ 201€ 130€ 79€ 66€ 66€

Preço medio hotelaria Algarve 2016
Açores

Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez
64€ 65€ 68€ 79€ 86€ 101€ 111€ 117€ 99€ 78€ 62€ 62€

Preço medio hotelaria Acores 2016
Madeira

Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez
80€ 80€ 88€ 103€ 103€ 101€ 98€ 108€ 101€ 89€ 81€ 87€

Preço medio hotelaria Madeira 2016

Necessita de mais informações:?
> Consulte: Preços médios das 25 principais cidades portuguesas durante o último ano.
> Ou entre em contacto com sara.vieira@trivago.com.